quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Recado às pessoas sozinhas


As pessoas mudam o cabelo, as vestes, o perfume, mudam os sonhos, as metas, mas ninguém muda a natureza do próprio coração. Podem mudar de religião, até de Fé, mas a selvageria que há instintivamente em sua essência não se muda nunca.  As pessoas que possuem avareza de sentimentos, não cativam nem mesmo seus iguais. Não é a toa que existem pessoas que gastam uma vida toda e jamais cativam o amor em alguém. Um coração repleto de mesquinhez, inevitavelmente, amargará pra sempre a frustração da falta de amor, pois sequer possui amor próprio, já que amar gasta energia e tais pessoas partem do principio da conservação, até mesmo daquilo que requer que gastemos sempre, como o amor, caso contrário,  se esvai com o tempo e a gravidade. Existem pessoas que atribuem sua solidão às pessoas que lhe surgiram ao longo do tempo, pois estas, não foram suficientemente boas para merecerem a sua companhia e esquecem de se analisarem e, não notam que, na verdade, elas que nunca foram capazes de cativar o amor em alguém. Tais pessoas não param para pensar que a realidade de se encontrarem só é pelo fato da sua mesquinhez em relação aos sentimentos. Não se engane, a maioria das vezes é você que é insuportável pelo fato de ser incapaz de disseminar aquilo que não carrega consigo: o amor! Os "sentimentos bons" são a única coisa que quanto mais economizamos, menos temos. Não economize sentimentos bons.
  "Amai ao próximo como a ti mesmo!" E ainda dizem que sou eu que não reinarei no Reino dos céus.  Todos os cães merecem o céu, os homens, no entanto, precisam ser bem diferentes do que são para ganharem um castelo de ouro no Paraíso.  Tu, jamais chegará lá com esse coração amargo até o infinito.
 As pessoas são o que são e tentar mudá-las é tentar forjar uma espada apenas com água fria. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário